Comissão Local

Glauco Fernandes Machado

Possui a graduação em Arte e Mídia, e Mestrado em Antropologia. Atualmente é pesquisador da Universidade Federal de Pernambuco no Programa de Pós-Graduação em Antropologia e sócio da Associação Brasileira de Antropologia, fazendo parte do Laboratório de Antropologia Visual da UFPE (LAV) e do Núcleo de Estudos sobre Etnicidade (NEPE). Tem experiências na área de Antropologia e filme-documentário, atuando principalmente nos seguintes temas: Antropologia Visual, Imagem fílmica e fotográfica, Cinema, Etnicidade, Patrimônio e Arte e Mídia. Realizou diversas montagens em filmes etnográficos como o "Oi, que Prazer, que Alegria, Kapinawá" que ganhou o Prêmio Juri Popular no VI Concurso Pierre Verger 2006, Associação Brasileira de Antropologia.

Jesus Marmanillo Pereira

Doutor em Sociologia pelo Programa de Pós-graduação em Sociologia da Universidade Federal da Paraíba (PPGS-UFPB). Mestre em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Maranhão (PPGCSOC-UFMA). Graduado (Bacharelado e Licenciatura) em Ciências Sociais (2008) e História (2007) pela mesma instituição. Possui também licenciatura em Geografia pela Universidade Estadual do Maranhão (2008). Atualmente é professor assistente da Universidade Federal do Maranhão (CCSST-Imperatriz), coordenador do Laboratório de Estudos e Pesquisa sobre Cidades e imagens (LAEPCI), membro do Laboratório de Estudos e Pesquisa em Políticas Públicas e Trabalho (LAEPT-UFPB) e do Grupo de Pesquisa em Antropologia Visual e da Imagem (VISAGEM-UFPA). Tem experiência na área de Antropologia Visual, História Social, Sociologia Política, Sociologia Urbana, atuando principalmente em temas relacionados à etnografias visuais, movimentos sociais e identidades coletivas, populações estigmatizadas na cidade e violência urbana.

Moyses Cavalcante

É formado em Produção Publicitária, tem especialização em Produção Audiovisual e estudou na Academia Internacional de Cinema. Trabalha no setor de audiovisual desde 2008. Em produtoras editou comerciais publicitários, institucionais, documentários, filmes e campanhas. Em televisão produziu vinhetas para MTV, identidades visuais e editou programas televisivos. Possui trabalho autoral na produção de videoclipes e curta metragens. É Técnico em Audiovisual do Instituto de Ciências da Arte na Universidade Federal do Pará. Ministrou as disciplinas Montagem e edição de vídeo, Animação e Câmera digital na pós-graduação em Produção Audiovisual da Estácio/IESAM e as disciplinas Computação para o audiovisual I e II, Fotografia cinematográfica I e II, Edição I e II na graduação em Cinema e Audiovisual como professor substituto da UFPA.

Daniel dos Santos Fernandes

Possui doutorado em Ciências Sociais/Antropologia pela Universidade Federal do Pará (2008), mestrado em Letras: Lingüística e Teoria Literária pela Universidade Federal do Pará (2002) e graduação em Pedagogia/Administração Escolar pela Universidade do Estado do Pará (1997). Vínculo docente com o Programa de Pós-Graduação em Linguagens e Saberes na Amazônia (PPLSA) UFPA/Campus Bragança e como Editor e membro do Conselho Editorial da Revista Amazônia do PPLSA. Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Antropologia Cultural, trabalhando com comunidades tradicionais ribeirinhas e pesqueiras. Atua como líder no grupo Laboratório de Estudo Linguagem, Imagem e Memórias - LELIM - UFPA e pesquisador, nos grupos, Laboratório de Educação, Meio Ambiente e Cultura - LEMAC - UFPA e Visagem - UFPA. Associado efetivo na Associação Brasileira de Antropologia - ABA.

Maria Alice de Sousa Carvalho Rocha

É professora da Universidade Federal de Goiás, vinculada ao Programa de Mestrado Profissional em Educação Básica, realizado pelo Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada à Educação. Seus estudos e produtos artísticos estão centrados na temática da infância no cinema e em produções audiovisuais. É doutora em Educação pela Universidade Federal de Goiás. Atualmente trabalha na finalização de documentários e animações realizados pelo Grupo de Pesquisas Imagéticas dos Programas de Pós Graduação de Arte, Cultura Visual e Antropologia Visual da Universidade Federal de Goiás e pelo Grupo de Estudos e Pesquisa: Educação, Infância, Arte e Psicanálise.

Alessandro Ricardo Campos

Doutorando pelo Programa de Pós Graduação em Sociologia e Antropologia - PPGSA/UFPA, Mestre em Antropologia pelo mesmo Programa, Especialista em Educação e Saberes Africanos pela Universidade Federal do Pará e graduado em Ciências Sociais também pela UFPA. Atua como servidor público estadual, Professor Classe II, e discente externo da UFPA. Pesquisador do Grupo de Pesquisa em Antropologia Visual e da Imagem - Visagem e do Laboratório de Estudo Linguagem, Imagem e Memórias – LELIM. Também é membro da Equipe Editorial da Revista Eletrônica Visagem e editou a seção Composições da Revista Novos Debates, da Associação Brasileira de Antropologia, onde é membro efetivo.


Contato

  • Universidade Federal do Pará - UFPA.
    Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antroplogia-PPGSA.
    Cidade Universitária Prof. José da Silveira Netto.
    Rua Augusto Correia, no. 01, CEP: 66075-110 Belém-Pará-Brasil.
  • 55-91-3201-8024 / 98159-0045 / 98864 9072
  • contato@festivaldopara.com.br
  • Facebook

Copyright © 2018 Timber. Crafted by alexsaweb.